29 de ago de 2010

Realeza, Majestade...



Numa estrada simples de terra,
em frente a um muro esquecido,
cercada de terra seca do tempo de estio...



Em toda a sua Majestade, sua força
está em sua delicadeza!


23 de ago de 2010

Este solo que pisas

O pó da terra...
minusculas particulas de terra, se espalham
sobre o solo, pedindo socorro pela Terra Mãe...

clique na imagem para ampliar

Paradoxo



lembre-se de sempre clicar nas fotos, para vê-las ampliadas


Ao vislumbrar tamanha beleza, não
somos capazes de acreditar na força da natureza,
que insiste em brotar, florescer, embelezar....


....mesmo sufocada pelo pó da seca que devasta o centro oeste



19 de ago de 2010

Fotografia

Fotografia



(Participação Especial: Léo Jaime)

Hoje o mar faz onda feito criança
No balanço calmo a gente descansa
Nessas horas dorme longe a lembrança
De ser feliz

Quando a tarde toma a gente nos braços
Sopra um vento que dissolve o cansaço
É o avesso do esforço que eu faço
Pra ser feliz

E o que vai ficar na fotografia
São os laços invisíveis que havia

As cores, figuras, motivos
O sol passando sobre os amigos
Histórias, bebidas, sorrisos
E afeto em frente ao mar.

Quando as sombras vão ficando compridas
Enchendo a casa de silêncio e preguiça
Nessas horas é que Deus deixa pistas
Pra eu ser feliz

E quando o dia não passar de um retrato
Colorindo de saudade o meu quarto
Só aí vou ter certeza de fato
Que eu fui feliz

O que vai ficar na fotografia
São os laços invisíveis que havia

As cores, figuras, motivos
O sol passando sobre os amigos
Histórias, bebidas, sorrisos
E afeto em frente ao mar.

Curioso sempre acha coisa legal!

Navegando na net, no twitter, enfim, encontrei o
seguinte artigo:

O que faz uma fotografia ser incrivel?

Colo abaixo, diversas visões diferentes, recebidas
pelo twitter, do site Dicas de Fotografia

...mas fica a pergunta:

Existe uma verdade única?

@Du_Albuquerque: Uma boa composição junto com uma boa edição fazem muitas fotos serem maravilhosas
@Guilherme_vini: O Conteúdo.
@claytonmarinho: Inspiração, equipamento e conhecimento
@adiphotos: Composição, Expressão, História, Impacto.
@OriginalLyn: o olhar do fotógrafo, e um bom equipamento!
@kaikysilva: Iluminaçao?
@rflortiz: Passar sentimento mais do que demonstrar técnica…
@a_fotografa: Eu acho que fotografia sendo uma arte nem sempre é compreendida por todos. E nem por isso deixa de ser uma boa foto.
@mari_milanezi: a pergunta é dificil e tenho pensado muito sobre ela. Mas tenho avaliado nitidez, foco, composição e cores nas minhas fotos
@danielfotos: Sentimento. Não importa se a técnica for perfeita se a foto não causar um forte sentimento quando olhamos para ela
@miguel80s: se tem um livro que se dedica a responder essa pergunta é o A Câmara Clara, do Roland Barthes…. e eu concordo.
@mari_milanezi: é.. uma mensagem que todos conseguem entender :/ Muitas fotos ”ótimas” em nitidez, composiçao, blá blá não tem mensagem.
@Lady_Music: pra mim é aquela que capta algo que vc olha e diz: prq eu não pensei nisso? Não precisa ser inédito basta ser especial
@CaboEnrolado: o enquadramento exato do momento escolhido pelo fotografo e as cores passarem a mensagem q pretende.

E você, na sua opinião, o que faz de uma foto, algo incrivel??

Deixe seu comentario!



"Arte não é o que você vê, mas o que você faz os outros verem."





17 de ago de 2010

10 dicas para tirar retratos criativos



Tirar um simples retrato de uma pessoa é relativamente fácil:
centrar o rosto e disparar.
Mais um retrato, nada de novo.
E se aprendesse a tirar retratos espectaculares,
daqueles para onde nos apetece ficar a olhar para
de tão criativos e fascinantes que são?

Comece a praticar com estas dicas.

1. Mudar de perspectiva. O retrato é a representação de uma pessoa e, como tal, tem como principal objectivo captar o seu rosto, expressão e estado de espírito. Nesse sentido, os retratos são normalmente tirados ao nível dos olhos mas não tem de ser exclusivamente dessa forma. Porque não experimentar fotografar de cima ou de baixo? Um ângulo completamente inesperado pode revelar-se um retrato interessante e original.

2. Cenários de fundo invulgares. O branco ou o preto são os cenários de fundo mais populares no que toca a retratos, o que é perfeito se quiser uma imagem simples e minimalista. No entanto, pode e deve experimentar com outros tipos de fundos, introduzindo cor, texturas e contextos diferentes para alterar substancialmente toda a fotografia. Experimente.

3. Olhos nos olhos? Tradicionalmente, quem está a ser fotografado para um retrato olha directamente para a máquina ou então ligeiramente para baixo, de forma a envolver quem irá observar a fotografia. Nada de errado aqui. Mas, para criar um retrato ainda mais atraente, peça à pessoa para olhar para fora do campo de visão da câmara. Quem vê vai ficar imediatamente curioso: para onde estará a olhar? Está a gostar do que vê? Porque será que se ri? Em alternativa, pode introduzir um segundo elemento na imagem – pode ser outra pessoa ou um objecto – no qual o principal elemento fixa o olhar e cria uma ligação. Ambas são excelentes formas de dinamizar um retrato e, de certa forma, contar uma história.

4. Rosto completo. Outra forma de inovar é utilizar em pleno o rosto a fotografar, ou seja, preencha por completo o enquadramento apenas com o rosto da pessoa, mais nada. Não há melhor forma de captar a atenção de quem olha e, afinal de contas, trata-se de um retrato não é verdade?

5. Zoom. Aproveite o zoom ou então uma lente de longo alcance para fotografar apenas uma parte da pessoa – olhos, mãos, boca, nariz, nuca, tronco, pernas… mas isso não é um retrato!? É um retrato original que desperta a curiosidade e a imaginação de quem vê, até porque muitas vezes o que não foi fotografado pode dizer mais do que tudo aquilo que foi realmente captado pela

6. Brincar com a luz. Em fotografia os efeitos da iluminação natural e artificial são praticamente ilimitados, sendo, por isso mesmo, bons aliados para conseguir retratos fantásticos. A luz lateral pode criar um ambiente específico, enquanto a luz posterior ou sobre a silhueta da pessoa pode esconder algumas das suas feições, de forma a conseguir um ar dramático. Faça muitas experiências e surpreenda-se.

7. Pose vs. Natural. Enquanto representação fiel de uma pessoa, um retrato está geralmente associado a poses estáticas, o que muitas vezes não faz nada em termos de contribuir para uma fotografia original e apelativa. Um retrato também pode ser tirado sem a pessoa estar a contar, ou seja, fotografe-a num ambiente familiar a fazer coisas de forma natural para conseguir um momento especialmente realista. Para tornar a experiência ainda mais produtiva, coloque a máquina na função de disparo contínuo para tirar uma série de fotos que captam movimentos sucessivos e a partir das quais pode escolher a melhor, ou então exibi-las em conjunto… não deixam de ser um retrato.

8. Moldura real. Em vez de fotografar exclusivamente o rosto de uma pessoa, procure emoldurá-lo com recurso a outros elementos como uma janela, porta, gradeamento, uma pequena abertura ou mesmo utilizando as suas próprias mãos. O resultado será um retrato com elevado interesse e profundidade, porque a existência da moldura direcciona a atenção de quem vê para algo muito específico, como a expressão dos olhos ou da boca.

9. Trocar o formato. Tradicionalmente, os retratos são tirados com a máquina posicionada de forma vertical – porque não quebrar as regras e disparar horizontalmente para variar? E quem diz vertical e horizontal, também aplaude o fotografar com recurso a um ângulo diagonal para um toque artístico e/ou irreverente. Os resultados serão certamente diferentes, mas igualmente ou ainda mais apelativos ao olho.

10. Fotografia em movimento. Embora a tradição aponte para os retratos como sendo imagens completamente estáticas, não há nada como introduzir um pouco de movimento para dar uma nova vida a um velho retrato. Existem três formas de conferir acção a um retrato: a própria pessoa pode mexer-se; o elemento principal mantém-se estático mas introduz-se um elemento activo no cenário; mexe-se a câmara fotográfica ou a sua lente de forma a conseguir um zoom burst (técnica que requer uma velocidade de obturação baixa e zoom na lente enquanto se dispara). Independentemente da forma escolhida, terá de certificar-se que utiliza sempre uma velocidade de obturação suficientemente baixa para conseguir captar o movimento ou então, em alternativa, seguir os movimentos de quem fotografa, mas com uma velocidade de obturação igualmente veloz para poder congelar esse gesto.



100 coisas que temos que aprender com fotografia


1. Nunca fotografe para se tornar um “astro do rock”
2. Divirta-se enquanto fotografa
3. Prepare-se bem para as suas fotos, entenda que a bateria não carregará enquanto você faz os preparativos para as fotos do amanhecer, é tarde de mais.
4. Tenha sempre uma roupa mais “leve” do que você realmente precisa.
5. Preste atenção aos seus pensamentos e emoções enquanto estiver fotografando
6. Defina metas que você pode alcançar
7. Escreva dicas sobre fotografia, porque ao escrever você também aprende.
8. Nunca saia para fotografar sem um tripé
9. Fique satisfeito com suas pequenas evoluções
10. Construa relacionamentos com potencial “foto-amigos”
11. Olhe o local que você fotografar primeiro com seu coração e depois com a câmera
12. Mantenha-se sempre calmo
13. Saiba que você costuma se superestimar
14. A perspectiva é “assassina”, preste atenção nos ângulos enquanto fotografa
15. Dedique-se a fotografia, mas não subestime de mais
16. Faça parte de uma comunidade de fotografia
17. Mantenha sua câmera limpa
18. Nunca se compare a outras pessoas nem em situações melhores ou nem em piores
19. Encontre o seu próprio estilo de fotografia
20. Tente prestar mais atenção na hora da composição e utilize menos o obturador
21. Aprenda a aceitar a críticas sobre as suas imagens
22. Faça algo diferente, abuse da criatividade, novos ângulos são bem vindos
23. Inspire-se no trabalho de outros fotógrafos
24. Critique honestamente, mas com respeito
25. Peça opiniões de seu companheiro
26. Não copie o estilo de outros fotógrafos
27. Seja ousado
28. Atenção para as “regras de ouro”
29. Lentes 10mm são show!
30. Tire retratos de você mesmo
31. Leia livros sobre fotografia
32. Para dar um impulso extra à fotografia de paisagens, tente integrar uma pessoa (talvez você mesmo)
33. Toda situação de foto é diferente do que você espera
34. Preste atenção às curvas em S e as linhas
35. Fotografe sempre em RAW
36. Mantenha o sensor limpo, pois assim você economizará tempo limpando suas imagens no Photoshop
37. Descubra as coisas que você acha que são bonitas
38. É preciso tempo para se tornar um bom fotógrafo
39. O melhor equipamento é o que você tem hoje
40. Você não pode tirar fotografias de tudo
41. Quebre as regras da fotografia conscientemente
42. Preste atenção à luz de forma diferente nas diferentes partes da cena
43. O olho move-se para o ponto de contraste
44. Nuvens aumentam a atmosfera de uma paisagem
45. Inicie um Photoblog / Flickr
46. Aceite elogios e diga “obrigado”
47. “foto linda” não é um comentário muito útil para se fazer
48. “Incrivel!” Também não é útil. Tente especificar o que você gostou ou não na imagem
49. Você não é sua câmera
50. Faça uma pergunta no final dos seus comentários sobre uma foto para obter algum retorno e iniciar um bate-papo com o fotógrafo
51. Faça uma revisão de seus arquivos regularmente, quanto mais você fotografar – mais diamantes você achará por lá
52. Sempre deixe claro onde está o “eyecatcher” (ponto focal) na sua imagem
53. Nenhuma imagem é melhor que a outra
54. Todas as pessoas têm que começar aos poucos
55. A sua opinião sobre fotografia é importante! Tenha uma!
56. Nos blogs que costuma visitar, deixe um comentário engraçado, mas com conteúdo
57. Fale de suas experiências como os seus colegas de fotografia
58. Limite sua foto ao que é importante
59. Participe de concursos de fotografia
60. Pós-processamento = Otimizando sua imagem para o melhor resultado
61. Fotografe com exposições diferentes tantas vezes quanto for possível.
62. Use photomatix o mínimo possível, HDR’s têm sempre um sabor sintético
63. Sempre lembre o que trouxe você para a fotografia
64. Nunca fotografe uma pessoa que não quer ser fotografada
65. Sempre ande ao redor, as vezes a melhor fotografia está dentro de você
66. O que importa é quem está atrás da câmera, não a câmera.
67. Os erros são permitidos! Quanto mais erros você comete, mais você aprende!
68. Se você tem uma idéia e imediatamente pensa: “isso não vai funcionar” – Faça de qualquer jeito. Na dúvida, fotografe sempre.
69. Entenda e olhe para o histograma enquanto fotografa. Ele fornece muitas informações importantes sobre a sua imagem.
70. Conheça a sua câmera, pois procurar o botão do menu a noite, definitivamente, é um tempo que você não quer perder.
71. Fotografe com a maior freqüência possível
72. Acredite em você mesmo
73. Não tenha medo de se sujar enquanto estiver fotografando
74. Preste atenção na qualidade das suas imagens
75. Suas fotografias são um mapa pessoal da sua psique
76. Sempre revalide as suas configurações de ISO. É terrível descobrir que ela estava errada apenas quando estiver vendo as fotos na tela do seu computador.
77. Agradeça por todos os comentários e observações feitas as suas fotos.
78. Nunca confie no seu LCD. Normalmente, ele é mais nítido e brilhante que a imagem original.
79. Tenha sempre espaço em disco suficiente, pois é muito barato e você precisará.
80. Aprenda a aproveitar momentos bonitos quando você não tem uma câmera.
81. Sempre chegue pelo menos meia hora antes do nascer ou do por do sol. Compor com pressa é uma má escolha.
82. Tente ampliar os seus limites mentais e físicos. Tire algumas fotos extras quando você pensar “isso já é suficiente”.
83. Preste atenção às estruturas no céu e espere até que eles se encaixem nas estruturas em primeiro plano
84. Visite o mesmo lugar com a maior freqüência possível. A luz nunca mostra a mesma montanha.
85. Imprima as suas imagens em tamanho grande. Você vai amar isso!
86. Calibre seu monitor. Trabalhar com um monitor que não é exato é como estar com alguém que você não pode confiar. Isso sempre termina mal.
87. Não pense sobre o que os outros possam dizer sobre suas imagens. Se você gosta delas, isso é o que vale.
88. Nunca censure você mesmo. Aprenda com seus erros e olhe para frente e não para trás.
89. Lute contra a sua preguiça! Criatividade vem após a disciplina.
90. Pergunte a você mesmo: O que quer expressar em suas imagens?
91. Sempre pense fora dos padrões, colete idéias de fotografias que você pode fazer e pergunte-se: porque não?
92. Procure por um mentor
93. Fotografia nunca é perda de tempo
94. Cada comunidade tem as suas desvantagens. Não transpareça isso com uma resposta emocional
95. Sempre haverá pessoas que não estarão satisfeitas com o que você está fazendo.
96. Henri Cartier-Bresson tinha razão quando disse que “Suas primeiras 10.000 fotografias são suas piores”
97. Uma câmera melhor não garante imagens melhores.
98. Tenha sempre em mente imprimir as suas imagens quando você estiver no pós-processamento
99. Fotografia é justa: você ganha publicidade com a qualidade das suas imagens. Ao menos que suas imagens sejam roubadas, não há uma forma de se enganar por muito tempo
100. Faça uma lista 100 das coisas que aprendeu desde que começou a fotografar

Fonte: DPS – Digital Photography School

Sabara e suas Igrejas

Pequena demais diante de Francisco

Sabará

Em Sabará, boa comida e boa acolhida!
Lindas estradas em chão, dão um ar bucólico,
nos remetendo a tempos antigos...

Um lindo entardecer nos recantos goianos..

Reflexos de luz e lua, na água espelhada!
Bons e Lindos Sonhos!

clique na imagem para ampliar

Peixe morre pela boca


E este foi um lindo Pirarucu que engoliu minha isca!!
não esqueça de sempre clicar na imagem para visualiza-la melhor!


Fotos Antigas

Eu fotografo tudo que me fala...
Se eu olhar para algo e este olhar para mim...

CLICK!

Sem recurso algum, abaixo algumas fotos
Se vc clicar na imagem, ela ampliará.







Todas tiradas na Pousada Céu e Serra, quando esta estava
sendo ainda construída, em Carrancas/MG



Amanhecer na Praia de Icarai
Niteroi...cidade que aprendi a amar!

* clique na imagem para ampliar *

Sobrevoando Brasilia indo em direção ao Rio de Janeiro...

Minha alma cantaaaaaaa!

* clique na imagem para ampliar *


Lugares especiais, onde sentimentos
nos levam ao contato com a Mãe Natureza,
misturados ao verde da flora e ao vermelho da terra.
A água, abençoando-nos, reflete
um céu inigualável...o céu do Goiás!

E a aranha se deleita, na manhã radiante,
tecendo próximo a copa da arvore...

clique para ampliar a imagem




Há ventos
Que nos trazem pessoas
No reflexo do tempo.
Mesmo a distância,
Perpetuam-se no pensamento
São fotografias
Das quais a saudade
Terá sempre os negativos
Revelados na memória.
Há pessoas
Que nos trazem ventos
No reverso do tempo
Preso à substância,
Revelando sentimentos
São maravilhas
Das quais a sinceridade
Terá sempre os negativos
Revelados na história.

desconheço o autor
Nasci e Vivi por 51 anos no estado do Rio de Janeiro,
Cartão Postal mundial...andei por muito cantos,
mas ainda não tinha conhecido belezas como as
de Goiás...

Com vocês, uma linda plantação de Sorgo..
Clique para ampliar e viaje comigo!







"A fotografia, antes de tudo é um testemunho.
Quando se aponta a câmara para algum objeto ou sujeito,
constrói-se um significado, faz-se uma escolha,
seleciona-se um tema e conta-se uma história,
cabe a nós, espectadores, o imenso desafio de lê-las."

Ivan Lima


Quando era garota ainda, meu pai adorava viajar
nas nossas férias...eram férias longas, e isso o encorajava
a nos levar em seu carrinho, pelas rodovias de nosso país.

Me lembro de ter inicio às visitações na casa de meus
avós no interior das Minas Gerais...

Para a menina, nascida sob a proteção de Jupiter,
cavalgando em seu curioso e animado Centauro,
me encantava com tudo que via através da minha janela,
espremidinha no banco de trás, com um irmão sapeca,
anos mais tarde, com uma linda menina!

O rosto curioso de meu pai, e a voz suave e linda de minha mãe
preenchiam ainda mais o espaço do pequeno carro alegre,
que subia a Serra da Mantiqueira, adornada de uma das
mais belas paisagens que já vi!

Aquelas imagens lindas desfilam ainda em minha mente
enquanto descrevo a você, meus motivos para estar aqui...

Não importa a marca de minha câmera, ou se fiz
algum curso para isto...o que importa é que as imagens que
aqui divido com você, estão impressas em minha
alma, mostrando toda uma Diversidade de Olhar!

Sejam Bem Vindos